Qual a diferença entre chopp e cerveja? O que oferecer no churrasco? | Espeto Gourmet

Notícias recentes e artigo Nosso Blog

Elas são protagonistas no happy hour, dividem o estrelato com as carnes nos churrascos e tornam aquela reunião de amigos mais animada. Pouca gente sabe exatamente a diferença entre chopp e cerveja:…
Qual a diferença entre chopp e cerveja? O que oferecer no churrasco?

Elas são protagonistas no happy hour, dividem o estrelato com as carnes nos churrascos e tornam aquela reunião de amigos mais animada. Pouca gente sabe exatamente a diferença entre chopp e cerveja: alguns dizem que é o sabor e a cremosidade, outros já acreditam que não há diferença alguma.

Para tirar suas dúvidas sobre essas bebidas tão amadas em nosso país, é que fizemos este post. Aproveite e fique por dentro!

Qual a origem da palavra “chopp”?

Somente no Brasil há essa diferenciação na nomenclatura entre a cerveja que é envasada em barril e a que é envasada em garrafas ou latas.

Acredita-se que a palavra “chopp” começou a ser utilizada aqui para designar cerveja acondicionada em barril, a partir da chegada dos imigrantes alemães. O termo se originou da palavra “schoppe”, que os germânicos utilizavam quando pediam um copo de, aproximadamente, 500 ml.

Mas o envasamento é apenas um dos pontos que marcam essa diferenciação. Ao longo dos anos, outros atributos definiram bem a diferença entre chopp e cerveja e é sobre eles que falaremos a seguir. Confira!

O que é pasteurização?

Criado por Louis Pasteur, cientista francês, a pasteurização é um processo no qual a bebida é aquecida até aproximadamente 60 ºC e resfriada instantaneamente — eliminando os microrganismos e promovendo maior longevidade. Esse processo foi o responsável pelo surgimento da cerveja engarrafada como conhecemos, permitindo a criação das marcas multinacionais.

As características que a bebida ganhou com esse processo também marcaram, na cabeça dos consumidores, a separação entre o que era chopp e o que era cerveja — já que as bebidas em barril, inicialmente, não eram pasteurizadas.

Abaixo, você conhecerá detalhadamente o que muda em uma cerveja após o processo de pasteurização. Acompanhe!

Aumento da longevidade da bebida

Sabemos que a pasteurização permite maior durabilidade da cerveja. Depois de engarrafadas ou enlatadas, elas podem ficar guardadas até 8 meses, mas após serem abertas não duram mais do que algumas horas. Já o chopp, sem pasteurização, pode ficar armazenado por até 45 dias. Após a abertura, pode ser consumido por 5 dias, desde que esteja bem refrigerado.

Alterações de sabor

Como o objetivo é prolongar, cada vez mais, a durabilidade da cerveja, é natural que, além da pasteurização, sejam adicionados conservantes após a produção.

Assim como qualquer alimento que seja acrescido conservante, há uma leve alteração do sabor, podendo haver até mesmo a perda de algumas características marcantes da bebida, como a acentuação do lúpulo e malte. Esse foi outro fator que acentuou a preferência pelo chopp, já que ele mantém o sabor original da cerveja.

O chopp gela mais rápido do que a cerveja?

A distribuição do chopp é centralizada com as chopeiras elétricas e a refrigeração é uniforme e rápida. Isso garante que, além de cada pessoa receber a quantidade exata que deseja beber, todos os copos saiam com a mesma temperatura. Essas características fazem do chopp a opção ideal para festas e churrasco de longa duração e com muitos convidados.

As cervejas, por sua vez, por serem envasadas individualmente em garrafas ou latas, não oferecem a uniformidade de resfriamento, sendo que uma garrafa pode estar mais gelada do que outra — isso sem levar em consideração que, como o freezer é constantemente aberto, esse processo é muito mais lento.

Além disso, as garrafas são de tamanho padronizado, portanto, se a pessoa quiser beber apenas 300 ml e a garrafa for de 600 ml, o restante esquentará e será desperdiçado.

O chopp é mais cremoso e refrescante?

A maioria dos consumidores considera o chopp mais cremoso e refrescante. Isso acontece pela não adição de conservantes e porque é adicionado CO2 extra aos barris para que haja pressão — ele é quem dá a sensação de refrescância e cremosidade.

A cerveja e o chopp são a mesma bebida, feitas da mesma forma e com os mesmos ingredientes. O que muda são alguns processos feitos na pós-produção, que colocam a cerveja como mais prática para consumir em casa e reunir poucos amigos e o chopp como mais vantajoso para bares e festas grandes, como os churrascos, por exemplo — até mesmo porque permite consignação.

Gostou de conhecer a diferença entre chopp e cerveja? Então, siga a gente nas redes sociais e receba mais conteúdos como este. Estamos no Facebook e no Instagram. Até a próxima!

Deixe uma resposta

Your email address will not be published.